23 de maio de 2016

Receita: Refresco de Café


É verdade, ainda cá estamos, embora ligeiramente (leia-se: muito) atarefadas. E o calor não ajuda, uma pessoa fica mais mole do que já é. E foi precisamente essa a inspiração para o post que vos trazemos hoje. Quando as coisas começam a apertar e é preciso beber um cafézinho para levantar os ânimos, mas está tanto calor que nem apetece... nós temos a solução (como sempre).
Portanto, o que vos propomos é a cena mais fácil e boa do mundo.
Precisam de:
  • Café solúvel
  • Água
  • Gelo
  • Limão
  • Açúcar
Façam o café a vosso gosto, mais forte ou mais fraco (mas não se esqueçam que acabará por ficar bastante diluído com o resto da água e gelo) em mais ou menos meio litro de água. A água convém estar quente para o café se dissolver melhor. Se tiverem uma máquina de filtro ou coisa do género, podem fazer lá o café.  
Depois acrescentem o sumo de meio limão e água até perfazer um litro. 
Juntem açúcar, ou stevia, a gosto. Se forem daqueles "psicopatas" (porque há aquele estudo que diz que têm tendências psicopatas) que bebem café sem açúcar, podem não deitar mais nada. 
Juntem o gelo and enjoy it!


3 de maio de 2016

Playlist

Olá, estimados seguidores e amigos!
Não queremos que vos falte nada nestes dias de estudo e/ou ressaca da semana académica, pelo que criámos uma bonita playlist no Spotify para vos animar o dia.

Au revoir!

17 de abril de 2016

Lista de Compras


Este post não vai contribuir para apontamentos bonitos, mas contribuirá com certeza para uma vida slightly mais organizada. Pelo menos quando forem às compras. Deixo-vos com um printable para organizarem as vossas compras por categorias, tornando a tarefa de ir ao supermercado mais fácil e mais rápida. Quando estiverem num corredor, basta olhar para essa categoria e levarem tudo o que têm na lista, tendo a certeza de que levam tudo o que queriam. 


Hasta la vista!
Madalena

2 de abril de 2016

Dica #1: Notes Plus & Adonit Jot Script 2


Não é novidade nenhuma que sou fã de tecnologia e que ando sempre à procura de coisas novas para facilitar o dia a dia. A aplicação de que vos vou falar também não é novidade, mas é daquelas aplicações sem as quais eu não consigo viver (na verdade consigo, mas seria bastante doloroso).

Já utilizo este aplicação há cerca de  quatro anos e na altura concluí, depois de estudar exaustivamente o  mercado, que dificilmente se encontra alguma eficiente do que esta.

O Notes Plus é um caderno digital. Podemos editar .pdf, criar cadernos, organizar tudo por pastinhas e fazer os apontamentos dos mais bonitos que vos poderão passar pela cabeça. Além de processador de texto, é compatível com várias canetas/stylii que melhoram imenso a experiencia de escrita à mão, tornando-a idêntica à escrita em papel (tirando uma coisa ou outra coisa).


Além disto ainda tem um browser incorporado, no qual podemos abrir os pdf das aulas e "recortar" as imagens para o caderno directamente. Tem também um sistema de reconhecimento de caligrafia e conversão para texto (para editor de texto), já disponível em português; porém, não me pareceu muito certeiro, mas também eu não tenho propriamente letra de monge copista.

 Tem um mecanismo muito intuitivo: podemos apagar o que escrevemos ao riscar por cima, quando desenhamos um círculo, ele pode ficar automaticamente direito e já para não falar dos diversos tipos de templates que vêm incluídos; até têm cornell! Faz também back-up na Dropbox e outros tipo de nuvem e podemos enviar os .pdf dos nossos cadernos por email a qualquer momento. Custa actualmente cerca de 7€ na AppStore, mas quando a comprei era apenas 3€ e não tinha tantas funcionalidades



Adonit Jot Script 2


Comprei recentemente um Stylus da Adonit, o Jot Script 2 (JS2). Não é exclusivamente para iPad, creio, mas como não tive oportunidade de experimentar noutras plataformas, vou cingir-me apenas à experiência em iOS. Vem com um carregadoe USB, estilo pendrive e conecta-se ao iPad por Bluetooth. Desta forma, emparelhando com aplicações específicas, temos acesso a uma maior precisão do que um Stylus comum e tem uma característica específica, a rejeição da palma da mão enquanto se escreve. Nem todas as aplicações são inteiramente compatíveis com estas canetas, mas as que são já são suficientes, na minha opinião. Mesmo que não dê para emparelhar, a JS2 funciona na mesma, apesar de não ser tão precisa. É compatível com o Notes Plus e a maior parte das aplicações de escrita e desenho (ex.: Evernote, GoodNotes, Adobe Illustrator Draw)

11 de março de 2016

Lista de Artigos


Bom, este printable que vos trago hoje é mais para pessoas que estejam a realizar algum tipo de trabalho ou tese e que necessitem de ler imensos artigos (científicos ou não). Não é uma tarefa fácil quando se tem uma lista quase infinita deles e tem de se escolher alguns para ler primeiro e tirar informações mais importantes.
Então, o que vos proponho são uns printables onde podem preencher com:

  • os autores e data
  • título do artigo
  • o tema (de modo a organizarem a leitura) - facultativo
  • observações - facultativo
  • um quadradinho para fazer check quando finalmente terminarem! 
Claro que podem fazer tudo isto no computador... eu já tentei, mas achei que fazendo a lista à mão fica muito mais fácil de me organizar.



Os primeiros dois são meus, e o último é da Marti! Cliquem na imagem para fazer download.
O do meio vem em mais cores.

Adios!
Madalena


P.S.- Se gostaram dos printables, mas este não tem tudo o que precisam não hesitem em contactar-nos para vos podermos ajudar. Eu tinha prometido que não mordia!

8 de março de 2016

Impressão em Post-it


Olá, minhas jóias! Estou a ser propositadamente irritante, mas trago-vos um miminho hoje que poderá não ter nada a ver com apontamentos catitas, se assim o entenderem. Uma sugestão de DIY para impressão em post-it. E vocês perguntam: “Martina Isabel (sim, tenho nome de acordeonista!), por que raio haveríamos nós de querer imprimir em post-it?” Isso é convosco, senhores(as), mas garanto que há uma infinidade de coisas que se pode imprimir em notas adesivas. Fotografias do Instagram, listas de tarefas, etiquetas. Basta um bocadinho de tempo e muita imaginação...e voilá! Até facilita a vida em decorações para festas (é uma dica para vocês, colegas das comissões de festas!)


Em primeiro lugar, têm de fazer um template no Word/Pages. Mas como eu já fiz estes, podem utilizá-lo, eu deixo! Se quiserem ser vocês a fazer, convém saber as dimensões dos post-it em que querem imprimir. O tamanho padrão é de 7,6cm x 7,6cm; podem optar por fazer o quadrado na folha com 1mm a mais em cada lado ou deixar o tamanho do autocolante para uma impressão total. Temos 3 modelos disponíveis, segundo vários tamanhos.

Imprimam e depois coloquem os post-it no modelo, tendo atenção para estes não ficarem dobrados quando puserem na impressora. 

Voltam ao documento do template e colocam as imagens que vos aprouver dentro de cada quadradinho e, antes de imprimir, retiram os quadrados-modelo. Eu tive o cuidado de os colocar como se fizessem parte do cabeçalho, para apagar mais rapidamente. 
Ficam aqui alguns exemplos que se pode fazer com isto.








Imprimam e divirtam-se!
Não se esqueçam de nos ir mostrando o quão bonitos os vossos apontamentos e printables têm ficado.

Até à próxima, 

~Marti

27 de fevereiro de 2016

Horário + Tarefas


Ainda na onda das agendas e organização, fiz upload de mais um printable. Para quem, como eu, tem um horário diferente semanalmente, este printable tem um espaço para horário de um lado e lista de tarefas do outro, sendo, assim, mais fácil distribuir afazeres e, de certa forma, cumpri-los. O documento tem duas folhas iguais, caso vos apeteça imprimir frente e verso (o Adobe Reader é muito chato no que toca a este assunto). Ou então, como vos sugeriu a Madalena num post anterior, podem poupar recursos se utilizarem varias vezes a mesma folha. 
Acabaram-se as desculpas para não ter tudo organizadinho!! Bom trabalho!

Marti

23 de fevereiro de 2016

Estamos no Bloglovin'!

Follow my blog with Bloglovin

Já nos podem seguir, basta carregar no link acima!

22 de fevereiro de 2016

Tarefas


Por vezes um semestre chega a ser tão atarefado que uma pessoa já não tem dedos, nem nos pés, para contar a quantidade de coisas a fazer. Eu até sou uma pessoa muito responsável, e não costumo esquecer-me do que tenho que fazer, mas a verdade, é que às vezes acontece e é uma desgraça.
Fear not! Também temos a solução para isso:


Printables de listas de tarefas! Têm 5 modelos à escolha, basta carregarem na imagem e escolherem o PDF correspondente ao printable que preferem. Podem descarregar todos, é claro. São óptimos para juntar ao vosso calendário DIY!





Não se nota muito bem nas fotos, mas o método que eu utilizei foi uma caneta de acetato (preta de ponta fina) para escrever no printable, mas sobre uma mica. Apaga-se muito facilmente com um pouco de álcool e demora muito até se gastar a mica. Assim poupa-se em papel e em post-its.
Espero que tenha sido uma dica útil!



Madalena

16 de fevereiro de 2016

Lição número 1


O primeiríssimo passo para uma vida organizada é ter uma agenda, um local onde se possa planear o que quer que seja: aulas, atividades e mesmo até horas para estudar matérias específicas. O dia tem horas para tudo - menos em altura de exames -, só temos de as saber gerir.
Há três opções:

Apps de agendas para smartphones/tablets: por vezes uso o iPad para colocar alguns eventos na agenda, porque o calendário da Google sincroniza tudo em todos os aparelhos, incluindo no computador, podendo ser consultado em qualquer sítio. Deve haver mais aplicações que o façam, mas eu gosto da Google/Gmail.


Agendas convencionais: estas existem mesmo aos montes. Acho que têm vindo a ficar demasiado caras ao longo do tempo, para muitas vezes ficarem esquecidas num canto. A minha preferida, este ano, é da Mr. Wonderful, que infelizmente já está esgotada em português.


Agendas "DIY": É facílimo arranjar printables na Internet, e, mesmo tendo de os imprimir, fica bem mais barato que uma agenda. Imprime-se a agenda e encaderna-se com argolas, é fácil. Podem, claro, fazer um encadernamento mais bonito, mas ficará mais caro quanto mais fancy for. De qualquer maneira fica ao vosso critério gastar o dinheiro que vos apetecer. Até podem não gastar nada se tiverem uma impressora e micas plásticas em casa: imprimem as folhas frente e verso, e colocam-nas em micas, e por sua vez num dossier. Podem até fazer num dossier A5 com folhas A5. As opções são imensas, basta usarem a vossa imaginação.

Para além disso, o que ainda costumo fazer é imprimir planos semanais, como os que deixámos aqui no último post, e encaderno juntamente com o calendário. Claro que não imprimo um plano por cada semana do ano: imprimo 4, servem para um mês, e de mês a mês "renovo" os post-its.

Vou hoje deixar-vos duas sugestões de calendário de 2016, em português, que eu mesma fiz. Também inclui janeiro, mas claro que só imprimem se quiserem. Carreguem nas imagens para descarregar.
Se não gostarem, há centenas de outras opções pela Internet, basta procurarem.

https://www.dropbox.com/sh/dhhwpwvi12mkvr1/AAC-FEPBPQffmPPP3EoHbzOKa?dl=0 

https://www.dropbox.com/sh/m5cmq65p620ulyt/AADiR6AFUEgSOt-JQq6L79w-a?dl=0

Até à próxima,
Madalena
 

8 de fevereiro de 2016

Plano Semanal


Olá, jovens pessoas!
Agora que já começou o segundo semestre e os trabalhos e frequências se vão começando a acumular é que começa a dar jeito gerir bem o tempo para evitar que este se torne um vilão e, em conjunto a procrastinação e a preguiça, domine a nossa vida.

Dramatismos à parte, fizemos uns modelos de Plano Semanal que pode ser utilizado juntamente com notas adesivas, podendo assim, ser utilizada sempre a mesma folha. Uma forma ainda mais amiga do ambiente passa por emoldurar o Plano e usar canetas/marcadores de acetato para escrever no vidro da moldura (apagando com álcool e voltando a escrever). Os links para os vários modelos encontram-se nas imagens. E para vocês, qual é o melhor método para manter tudo em dia?


1 de fevereiro de 2016

Modelo de Apontamentos de Cornell


Originalmente criado por Walter Pauk, professor na Universidade de Cornell nos anos cinquenta, o Sistema de Apontamentos de Cornell é, até ao momento, o que considero mais eficiente e fácil de manter. Consiste em dividir a folha em secções e dedicar cada uma a funções específicas: 



Já o utilizo há algum tempo; primeiro fazia as linhas à mão, com régua, dos dois lados, mas isso requer muito tempo e paciência e não dá muito jeito na aula se, de repente, ficares sem folhas Cornell. Depois, experimentei a fazer com marcador permanente, o que possibilitava desenhar as linhas uma vez e ficar visível dos dois lados; ainda assim era pouco prático e além disso a régua ficava constantemente suja. Pela internet fora, já tinha visto modelos de printables, mas estavam adaptados às folhas americanas (têm dimensões diferentes das nossas A4), pelo que as margens ficavam muito grandes e perdia-se a superfície útil da secção dos apontamentos propriamente ditos. Por fim, decidi fazer estes modelos e imprimir em casa em folhas brancas. Ultimamente tenho comprado blocos de folhas completamente lisas da Ambar, que, por qualquer motivo, só encontrei à venda no Continente (nos mais pequenos não costuma haver). Já vêm com quatro furos e são bastante mais resistentes do que as folhas normais e para dossiers que são muito utilizados são o ideal, uma vez que não se rasgam tão facilmente. 

Aqui ficam os links para fazerem download dos vários modelos que fizemos e espero que gostem :) 


Marti




Modelos da Madalena:




31 de janeiro de 2016

Reutilizar caixas


No meio de arrumações entre semestres, estava prestes a deitar fora esta caixinha de canetas quando pensei de mim para comigo: “Olha, ainda se podia fazer qualquer coisa com esta caixinha!”. Lembrei-me que tinha algumas revistas e publicidades para reciclar e, no meio delas, um livrito que me tinham dado quando a Fnac do Fórum Algarve abriu. Sim, fiz-lhe uma pequena maldade e não é costume meu o assassínio de livros (mesmo que sejam oferecidos pela Fnac).

Material:
Uma caixinha de canetas
Algumas folhas de um livro/revista/etc que não precisem

Utensílios:
Cola batom;
X-ato e/ou tesoura, 
Marcadores fluorescentes (para pintar a "tampa")
uma etiqueta do Ikea

Instruções:
Lamento, mas não é necessário instruções. Basta cobrirem todas as superfícies da caixinha a vosso bel-prazer. Quem diz com folhas de livros, diz frutas recortadas da Dica da Semana ou restos de papel de embrulho. Honestamente, não costumo ter muita disposição para trabalhos manuais e DIY mas até gostei  do resultado. Podia não ter usado os marcadores fluorescentes ou ter usado um marcador preto. Felizmente hei-de ter mais caixas para testar. :)
Fiquem bem!

Marti

30 de janeiro de 2016

Então olá


You know for sure that eyes eat too. But how to create notes worth "eating"? Oh yeah, it's possible. Yes, even notes about the most boring subject in the world can look appealing - at least until you actually read its content.
Personally, it's much easier for me to read notes that are pretty, colourful, with doodles, dynamic and well structured, rather than plane notes, all written with a simple blue ink pen. Nothing against regular blue ink pens, they're classic. But organization, for me, is everything. And that's what Marti and I will bring you in this little space of ours: organization for everyone. You won't need to be the most organized person in the world to achieve note organization.
Stay there, please leave suggestions and ask away anything you'd like. We promise not to bite!
Certamente sabem que os olhos também comem. Neste caso, são os únicos que podem efetivamente "comer" apontamentos, mas como fazer apontamentos que apetece comer? É bem possível. Sim, mesmo apontamentos sobre a coisa mais secante do mundo podem ser apetecíveis - pelo menos até ler o conteúdo.
Pessoalmente, é-me muito mais fácil pegar numa sebenta bonita, com cores e bonecos, dinâmica e bem estruturada, do que uma escrita puramente a caneta Bic azul e marcador amarelo fluorescente. Nada contra canetas Bic, são um clássico. Mas organização, para mim, é tudo. E é isso que eu e a Marti vos vamos trazer neste cantinho: organização, mas sem terem de ter grandes cuidados, e certamente para todos os que a queiram.
Fiquem por aí, estejam à vontade para fazer perguntas e dar sugestões. Prometemos não morder!
Toodles!

Madalena
PS.: A Marti não promete nada!


14 de janeiro de 2016

Saudações!


Truth is nobody really likes studying nor having academic obligations. Hedious and dull endless notes, black and white notebooks, piles of sheets. I've never been as organised as I'd love to, maybe due to only so late having access to tips and ideas on how to keep everything organised and pretty. It's important to have good notes, but it's also important feeling like looking at them. This was the main idea about creating this blog. However, it doesn't mean we won't dedicate attention to other subjects. Each and every suggestion is more than welcome. So, we leave you this humble little space in which we'll leave all kinds of suggestions.
*princess waves*

Marti

 

A verdade é que ninguém gosta muito de ter que estudar nem de ter obrigações académicas. Apontamentos medonhos e monótonos que nunca mais acabam, sebentas a preto e branco, amontoados de folhas. Nunca fui tão organizada como gostava, porque talvez tivesse tido acesso, bastante tarde na minha vida, a dicas e ideias sobre como manter tudo organizado e bonito. É importante ter bons apontamentos, mas também importante ter vontade de olhar para eles. Esta foi a ideia base para a criação deste blog. No entanto, não significa que não nos dediquemos a outras coisas. Todo e qualquer tipo de sugestão é bem-vindo.
Deixamo-vos, deste modo, com este humilde espacinho no qual pretendemos deixar sugestões das mais diversas naturezas :P

*Acenos de Princesa*

Marti



© Pretty Notes
Maira Gall